São as festas mais esperadas do concelho. Entre 27 de Julho e 1 de Agosto, todos os caminhos vão dar a Pombal, onde acontecem as Festas do Bodo e se venera a Nossa Senhora do Cardal. A vertente profana cruza-se com as actividades religiosas, num evento onde a tradição ainda se mantém. Mas com uma diferença: os festejos que antes se centravam apenas no Cardal, actualmente estendem-se um pouco por toda a cidade, com um programa repleto de actividades diversificadas, que vão desde a animação musical, desporto, cultura, religião e mostra económica. Centenas de milhares de pessoas são esperadas nos festejos mais importantes do concelho de Pombal.

No final do mês de Julho, a cidade de Pombal transforma-se num enorme palco para cinco dias e seis noites de animação em que a tradição se volta a cumprir. De 27 de Julho a 1 de Agosto, as Festas do Bodo 2017 prometem encher de animação os espaços mais emblemáticos de Pombal num evento que pretende celebrar a cidade, juntando história, tradições e modernidade. Desde miúdos a graúdos, os festejos mais importantes do concelho querem atrair todo o tipo de público, convidando os pombalenses a sair às ruas, misturando os de cá com os de fora.

Apenas uma Bandeira Azul hasteada no concelho de Pombal, na única estância balnear que está “subaproveitada”. Esta é uma realidade que pode ter os dias contados, revelou o presidente da autarquia, Diogo Mateus, durante a cerimónia de hastear das bandeiras Azul e de Praia Acessível, no Osso da Baleia, que decorreu ao final da manhã desta quarta-feira (5).

A corrida à presidência da Câmara Municipal de Pombal conta já com oito candidatos. O último nome anunciado foi Pascoal Oliveira, que se candidata pelo MPT – Partido da Terra. Na corrida à Câmara Municipal de Pombal estavam já apresentados os candidatos Diogo Mateus (PSD e actual presidente do Município), Jorge Claro (PS), Sidónio Santos (CDS-PP), Fernando Domingues (CDU), Gonçalo Pessa (BE), Narciso Mota (independente e ex-presidente da autarquia) e Amílcar Malho (independente).

Uma única enfermeira para 5.000 utentes, mas por vezes nem um profissional para prestar serviços de enfermagem. Este é o cenário que se vive na Extensão de Saúde do Louriçal. E “a situação já não é nova, arrasta-se há meses e meses”, denunciou o presidente da Junta de Freguesia, José Manuel Marques, considerando que “numa Extensão de Saúde com 5.000 utentes não haver uma enfermeira é extremamente grave”.

Manuel Serra vai recandidatar-se à Junta da União de Freguesias da Guia, Ilha e Mata Mourisca, anunciou o PSD Pombal, realçando que, tendo em conta o trabalho desenvolvido pelo executivo que lidera desde Outubro de 2013, “não hesitou ao fazer esta escolha”.

Diogo Mateus apresentou, no último domingo (28), a sua recandidatura pelo PSD à Câmara Municipal sublinhando “a importância de procurar a afirmação regional e nacional de Pombal”. Perante centenas de apoiantes, que encheram a sala do Teatro-Cine, o actual presidente da autarquia realçou que “Pombal é o centro do Centro”, pelo que é necessário aproveitar esta situação com vista à “afirmação geográfica, comercial, industrial, turística, logística e expositiva”.