De 28 de Setembro a 1 de Outubro, dia de sufrágio autárquico, Penela é um destino de… eleição. As Festas de S. Miguel juntam tradição, animação e afirmação do concelho, num conjunto de eventos que culmina na ancestral Feira das Nozes.

O PSD quer reforçar a maioria que já detém na Câmara de Penela, apostando na eleição de mais um vereador (o quarto em cinco). O repto foi lançado pelo histórico Fernando Antunes, com um apelo à mobilização das hostes, na apresentação dos candidatos social-democratas realizada no passado dia 9 no pavilhão multiusos local, perante várias centenas de apoiantes.

E à 28.ª edição, por força das circunstâncias, a Feira de Mel do Espinhal muda o paradigma e abre a porta ao mel de Sicó que se junta ao DOP (Denominação de Origem Protegida) Serra da Lousã.

A segunda edição do projecto “As férias quando nascem são para todos” termina esta sexta-feira (21), com um balanço positivo.

O Tribunal Central Administrativo do Norte (TCAN) absolveu, em definitivo, a Câmara Municipal de Penela no caso de um concurso para a chefia da Divisão de Cultura, Turismo, Desporto e Juventude, que viria a redundar, em processo penal, na condenação do ex-presidente daquele Município, Paulo Júlio, por um crime de prevaricação.

As Câmaras Municipais de Penela, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande e Sertã reuniram esta quinta-feira (6), em Penela, para prepararem o plano de acção de revitalização dos territórios afectados pelo incêndio de 17 de Junho.

Após 2016, em que a produção ficou aquém das expectativas, os vitivinicultores das Terras de Sicó já vão esfregando as mãos de contentamento face à real possibilidade de uma boa colheita, com muito e bom vinho.