Eleita pela primeira vez há cerca de um mês, Célia Marques considera que está “no caminho certo” para atingir os objectivos que tem traçado para o concelho e que passam por tornar o “território muito mais competitivo para o tecido empresarial”, potenciar as ofertas turísticas e criar um plano de acção para a floresta.

A Câmara Municipal de Alvaiázere aprovou, no passado dia 2 de Novembro, a redução em 20 por cento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios urbanos que se encontrem arrendados.

A presidente da Câmara Municipal, Célia Marques, fixou como meta para os próximos quatro anos “gerir a autarquia para fazer de Alvaiázere um concelho melhor e mais atractivo para nele se investir, viver e visitar”. O objectivo foi traçado, no passado dia 19 de Outubro, na cerimónia de tomada de posse que encheu o Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Mais de meio milhar de pessoas participaram num jantar solidário que serviu para angariar fundos para apoiar a construção do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) e Lar Residencial na área da deficiência, bem como apresentar o projecto à comunidade. Para a Associação da Casa do Povo de Alvaiázere, organizadora do evento, esta adesão “prova que a generosidade das gentes alvaiazerenses é inestimável e que, todos juntos, conseguiremos mais facilmente concretizar sonhos e projectos essenciais para o desenvolvimento do concelho”.

O incêndio que lavrou, durante três dias, na freguesia de Almoster pintou em tons de cinza uma vasta área florestal. As chamas ameaçaram povoações e consumiram mato, pinheiros, eucaliptos, carvalhos, azinheiras, sobreiros, oliveiras... Salvaram-se as pessoas e as habitações.

O concelho de Alvaiázere conta com mais nove “embaixadores” do património gastronómico e cultural do território. Trata-se de oito confrades efectivos e um de honra que foram entronizados no sétimo Capítulo da Confraria do Chícharo, que aconteceu no último domingo (15), na Igreja Paroquial de Almoster. Na altura os novos elementos daquela associação juraram defender as qualidades do chícharo, salientar a sua nobreza e promovê-lo enquanto ícone da grandeza gastronómica e cultural do concelho, com vista à defesa da identidade local da comunidade alvaiazerense.

Uma onda laranja varreu o concelho de Alvaiázere. O PSD conquistou com maioria absoluta a Câmara e a Assembleia Municipal, ganhando também nas cinco freguesias. A equipa liderada por Célia Marques conseguiu eleger os mesmos três vereadores do último mandato, contra dois do PS, que obteve mais um. O CDS perdeu o único vereador que tinha.